Skip to main content
Sem resultados.
 
Linha de Apoio ao Cliente Unilabs
2ª a 6ª das 8h00 às 20h00
sábado das 8h30 às 13h00

Unilabs junta-se ao Grupo AGEAS para campanha de sensibilização sobre o cancro colorretal

Imagem
banner_ageas_cancroretal

Unilabs junta-se ao Grupo AGEAS, Médis, Fundação Ageas e Europacolon para promover campanha de sensibilização sobre o cancro colorretal 

Esta campanha de sensibilização, que começou no dia 31 de março e decorre até 1 de Junho, tem como objetivo promover a prevenção e deteção precoce do cancro colorretal.

Em 2020, foram diagnosticados 10.501 novos casos de cancro colorretal em Portugal, e mais de 2.972 mortes, sendo a segunda neoplasia mais comum em ambos os sexos. De acordo com os dados da International Agency for Research on Cancer, 90% dos casos foram detetados a partir dos 50 anos e 85% dos casos surgem sem qualquer relação familiar. Este tipo de cancro tem uma progressão lenta e silenciosa, assintomática, que muitas vezes pode ser superior a 10 anos. No entanto, a realização de rastreios, através da pesquisa de sangue oculto nas fezes, diminui a mortalidade por cancro colorretal em aproximadamente 16%.

Para sinalizar a importância de adoção de medidas de prevenção de forma a evitar mais mortes, o Grupo Ageas Portugal, a Médis e a Fundação Ageas e a Europacolon quiseram dar seguimento a esta Campanha de Sensibilização para o Cancro Colorretal – Movimento 50+. O Movimento 50+ tem como principais objetivos: 
•    Promover o diagnóstico precoce; 
•    Contribuir para o tratamento atempado do cancro; melhorar o conhecimento da população portuguesa sobre a doença, fatores de risco e o diagnóstico precoce; 
•    Referenciar e acompanhar as pessoas com resultado positivo. 
Todos os portugueses, com 50 anos ou mais, podem realizar este rastreio, que é um procedimento simples, rápido e gratuito. Para realizarem os rastreios, as pessoas devem dirigir-se a uma das nossas unidades Unilabs aderentes à campanha e solicitar um kit de pesquisa de sangue oculto nas fezes. A recolha é feita em casa pelo próprio e deve ser entregue na respetiva unidade, que posteriormente comunicará o resultado. Se o resultado for positivo para sangue oculto nas fezes, as pessoas serão posteriormente contactadas pela Europacolon para saberem quais os passos a seguir. 

O rastreio destina-se a pessoas entre os 50 e os 74 anos, assintomáticas, sem histórico de neoplasia e/ou pólipos colorretais, doença inflamatória intestinal (exemplo: colite ulcerosa ou doença de Crohn) ou história familiar em 1.º ou 2.º grau de cancro colorretal ou adenoma. 

Saiba mais sobre a campanha e as unidades Unilabs aderentes: Campanha Rastreio Cólon Movimento 50+ | Unilabs 

x

Bem-vindo ao Unilabs.pt

Visitar unilabs.com

OU ESCOLHA UM PAÍS UNILABS DA LISTA